Conhecimentos Novos sobre a Evolução Espiritual

Por: Ricardo Chioro

No Esoterismo veio a idéia através do Hinduísmo de que Deus cria a vida, ele tira um pedaço de si mesmo, o ataman, e que esse pedaço ganha individualidade, vai evoluindo até chegar o momento de retornar para o Criador, e volta a fazer parte dele.

O Esoterismo desenvolveu mais essa idéia, ou se influenciou pelo espiritismo, dizendo que os seres começam como minerais, depois vão evoluindo nesta ordem: de minerais avançariam para o vegetal, depois para o animal, depois elemental e só depois o ser humano, para depois passar para o iluminado, ainda passando por muitos estágios, e depois voltar para Deus e se fundir com ele, mas ainda assim continuar tendo vida e existindo. Isso em milhares ou bilhares de anos.

No Espiritismo apesar de apresentar a idéia de evolução através de seu codificador, Allan Kardec, no Livro dos Espíritos, refutou a idéia de que Deus tire um pedaço de si para criar vida, mas sim cria os seres que evoluem na ordem do mineral ao ser perfeito, e quando chegassem na perfeição não voltariam para Deus, mas sim continuariam vivos em algum lugar do cosmos sendo muito felizes em um determinado lugar, que não seria fundido com Deus.

Pudemos ver através da novela Caminhos das Índias o que a religião Hindu impões para as pessoas de camadas mais baixas, os Dalists, que não tem direito a educação, subir de casta, ter que viver na pobreza e etc.

O Hinduísmo ensina que se a pessoa nasce com o Karma de nascer pobre, ser um Dalit, tem ser pobre pelo resto da vida.

O ascetismo é uma prática do Hinduísmo.

Nos texto Equilíbrio entre corpo e espírito vimos que o Budismo diz que o ascetismo (pratica hindu) não traz autoconhecimento, e que o Sufismo e Taoísmo não o recomendam, além do Taoísmo ter outra diferença com a crença Hindu.

Vendo essas coisas podemos ver que o Hinduísmo é passível de erro.

E o Esoterismo recebe uma influencia grande do Hinduísmo, também do Cristianismo e diversas outras religiões, em especial orientais como Budismo, Taoísmo e etc.

Podemos ver em diversos sites Esotéricos estudos de informações que vem do Hinduísmo como Yoga, Kundalini, Arquivos Akashicos, Divindades Hindus e etc. Não que isso seja errado, muito pelo contrário, só para afirmar como existe a influencia.

Podemos notar também que a evolução dos seres que vão do mineral para o vegetal, do vegetal para o animal, do animal para o elemental, do elemental para o humano, também ocorrem erros, pois existem muito mais seres vivos do que esses.

Na ciência vimos que tudo tem vida: micróbios, bactérias, células, ao mesmo ponto em que pessoas em meditação, em êxtase místico, tem vivencias em percebem que tudo tem vida, que tudo é luz.

Diversas dessas coisas que tem vida não fazem parte do sistema de evolução espiritual que vai do mineral a união divina, e é Deus que fabrica a vida que passa pela evolução.

Então podemos dizer que esse sistema mostrado também tem erros.

Os mestres ascensos através de um excelente médium sempre me informaram que a evolução é eterna.

Nos sistemas de evolução mostrados pelo esoterismo e hinduísmo, a pessoa vai a cada vez que vai evoluindo, vai se livrando de cada um de seus corpos, menos do divino.

Depois de se iluminar, se liberta do corpo físico e das reencarnações, depois do corpo astral, depois do mental e por ultimo do budico, sobrando o corpo divino que voltaria a fazer parte de Deus.

O Senhor da Luz Prateada diz que Deus não criou agente para voltarmos de onde vimos de novo, para Deus, mas sim criou agente para vivermos perto dele.

Penso que é assim: nossa criação é para nós vivermos com Deus no nosso espaço interno, psicológico, mas não no espaço externo, que é onde nos movimentamos e etc.

Podemos pensar que se fosse para voltarmos de onde vimos, tudo o que vivenciamos, inclusive o sofrimento, foi para nada, voltar a estaca de onde estávamos.

Deus realmente tirou um pedaço de si para criar cada ser vivo existente, mas ele não necessita que voltamos para ele para reaver este pedaço, pois ele se dá sem si perder.

O pedaço que ele tira para criar vida, assim que é retirado, já é criado um pedaço idêntico nele, então ele dá vida sem nunca perder nada.

Certa vez um Mestre Ascenso disse que Deus é como se fosse uma maquina infinita de criar vida, mas claro ele é muito mais que isso, este mestre só estava falando de uma parte da divindade.

Voltando a falar do que estávamos falando antes: Viver com Deus ou perto dele é ter fé, amor, humildade, simplicidade, sermos verdadeiros, estarmos de acordo com nossa verdadeira natureza e etc.

Quando no Livro dos Espíritos Allan Kardec disse que o ser não voltava para Deus, isso foi uma revelação mediúnica, mas provavelmente, em seu racional buscou argumentos para isso, e acabou desqualificando que temos uma parte divina.

Na religião de Kardec o ser começa a evoluir no mineral, indo para o vegetal, animal, elemental e humano, mas também esqueceu-se dos micróbios, células, vírus e etc.

A visão evolucionista espírita cometeu enganos.

Não queremos desqualificar o Esoterismo ou Espiritismo, eles são importantes, pois ajudam os seres humanos a evoluírem espiritualmente, só que qualquer sistema religioso ou até mesmo cientifico pode cometer enganos.

Se ver erros ou defeitos do Esoterismo ou Espiritismo abalam sua fé, veja nossa seção Ciência, Religião, Provas e Evidencias, elas com certeza vão restaurar a sua fé.

Textos complementares e afins: Os Sete Corpos, Evolução – Um Questionamento e Evolução Espiritual do Início da Fase Humana até Muito Depois do Nirvana.