O Avanço no Conhecimento Religioso Terrestre

Por: Ricardo Chioro

Uma coisa que podemos aprender com as diferenças entre as religiões modernas e antigas, é que existiu um avanço nessas novas religiões.

As religiões antigas eram feitas por parábolas e mitos, como as mitologias gregas, hindus, chinesas e etc. ou parábolas bíblicas.

As mitologias e parábolas escondem verdades espirituais.

O que existe por trás do mito, é que é a verdade.

Antigamente as verdades espirituais não poderiam ser reveladas, só poderiam ser divulgadas escondidas por mitos.

Então as diversas religiões antigas eram muito diferentes umas das outras, porque as mesmas verdades se apresentavam em mitos diferentes, pois as pessoas que participavam de sua cultura e tinham a missão de criar uma crença, com culto e conhecimento, sabiam das verdades, mas tinham de gerar mitos ou parábolas para esconder essas verdades.

Mas o estudo do espiritual traz autoconhecimento, mesmo escondido na forma de mitos, os cultos religiosos também, além de trazerem outros benefícios, então as crenças sempre funcionaram e foram benéficas.

A maioria das religiões que temos hoje em dia são antigas, milenares, como o Cristianismo, Budismo, Taoísmo, Hinduísmo, Judaísmo e etc.

Apesar de estar crescendo muito, as diversas religiões evangélicas novas são baseadas todas completamente na obra milenar da Bíblia.

Uma critica que as outras crenças se fazem muito a essas novas religiões: é que seus pastores não cursam a faculdade de Teologia, como geralmente se faz os sacerdotes cristãos, eles fazem apenas um curto curso de duas semanas, e já abrem uma igreja, acabam não sabendo interpretar as parábolas cristãs, interpretam como querem ou de forma literal a Bíblia.

A diferença dessas religiões antigas com as novas, é que essas novas são muito mais reveladoras, não escondem muito mais essas verdades na forma de mitos ou parábolas, mas sim são reveladoras, pois é já autorizado no plano terrestre pela luz que muitas verdades sejam reveladas.

Novas religiões como o Espiritismo, a Umbanda, a Gnose, a Teosofia, a Rosacruz, entre muitas outras.

Na Teosofia e Rosacruz muitas coisas não são divulgadas, mas existem muitos conhecimentos que podem ser divulgados.

Em algumas religiões orientais como o Taoísmo e Hinduísmo, existe a parte mitológica, mas existe também conhecimentos que puderam ser revelados e fazem parte dessas religiões. Então existe a parte moderna e antiga.

É importante que se diga: que não é porque essas religiões são mais reveladoras, que são possuem defeitos, possuem erros também, isso podemos ver nas contradições que umas tem com as outras, mas possuem muitas semelhanças também.

Todas as religiões possuem defeitos e acertos, mas sempre é muito melhor freqüentá-las do que não o fazer, elas ajudam muito nosso autoconhecimento.

Outra coisa importante que se diga, é que não é porque essas religiões são mais reveladoras, que são melhores que as mais antigas. Todas as religiões tem vantagens e desvantagens. Uma das vantagens das religiões mais modernas: é o conhecimento mais revelador, que motiva as pessoas estudarem mais o espiritual, pois é muito interessante, a desvantagem que pode existir é o orgulho em se chamar melhor por se julgarem muito evoluídas, terem mais conhecimento que os outros, serem iniciados, terem status ou estarem em uma posição melhor que os outros na ordem ou escola espiritual que estão, por serem vegetarianos, achar que sua crença é melhor que as outras e etc.

Aprender sobre o espiritual traz autoconhecimento.

As religiões trazem autoconhecimento, mas quando lidamos com elas com o ego não, orgulho neste caso é ego.

Mesmo nas pessoas que lidam com suas crenças com o ego, existe o momento em que não lidam, por isso também evoluem, mas é comum não perceberem os momentos em que estão com orgulho, mesmo sabendo que tem esse ego na crença, por isso é importante não alimentar o orgulho nunca, pois assim ele deixa de existir, mas qualquer alimentação que ocorrer, ele volta.

Além dessas vantagens e desvantagens existem muitas outras.

Por isso não existe uma crença melhor, cada pessoa tem uma religião que seria melhor para, mudando de um individuo para outro.

Para uns é o Catolicismo, para outros o Budismo, e outros a Umbanda, a Evangélica e etc. e os espíritos do bem procuram levar as pessoas para as religiões que eles mais necessitam, que mais lhes trará benefícios ou autoconhecimento.