Fenômenos Espirituais do Filme: Ghost, do Outro Lado da Vida

Por: Ricardo Chioro

Muitos dos fenômenos apresentados no filme são reais, ou reais em parte, outros são ficção.

Se agente parar para pensar, no filme aborda a mediunidade como clareaudiencia e incorporação.

Na incorporação, diferente do que mostra no filme o espírito não entra dentro do corpo do médium, mas se liga em seus chakras, que por sua vez tem ligação com sua mente. Mas como mostrar isso em um filme de forma que as pessoas entendam?

Seria mais compreensível o espírito entrar dentro do corpo do médium, porque é isso que as pessoas pensam que acontece, quando na realidade o processo é diferente e mais complexo. Além do que não sei se o diretor ou escritor do filme conheciam o fenômeno correto em detalhes.

Mas é muito bom que um filme de sucesso aborde esses fenômenos de nossa fé, não devemos cobrar do escritor e diretor que tudo seja perfeito, mas agradecê-lo por abordar a nossa fé.

O filme é ficção, não precisa ser tudo real.

O filme também é de uma época em que tudo não precisava ser tão realista, e também as religiões que focam nesses fenômenos eram menores, o Misticismo e Espiritismo estão crescendo mais agora.

Quando a pessoa morre pode acontecer muitas coisas, geralmente o espírito dorme por sete dias após o desencarne, não sei dizer se o Sam, personagem interpretado por Patrick Swayze pode ter saído do corpo e já sair andando, mas quando os vilões do filme morrem, vem espíritos ruins buscar eles, tem inclusive forma esquelética.

A forma esquelética deles precisa prestar atenção para perceber, e também como se estivessem com roupas antigas cobrindo a cabeça.

Uma vez um amigo que estuda muito o Espiritualismo, também é médium e clarividente disse: quando uma pessoa ruim morre vem espíritos do plano astral inferior levar eles para um lugar ruim, igual ao do filme Ghost, disse ele, só não sei se é exatamente igual, se tem que esperar a pessoa despertar depois dos sete dias.

Essa cena se repetiu na novela brasileira chamada o Profeta, quando o principal vilão morreu. 

Muitos seres do Plano Astral inferior tem a forma de esqueletos.

Plano Astral é o lugar geralmente que as pessoas vão quando morrem, tem o Plano Astral superior, um lugar bom, e o inferior, um lugar ruim.

Outra coisa que é muito difícil de acontecer é o espírito levitar objetos, mover objetos do mundo físico, isso é muito raro de acontecer, e no filme mostra o Sam fazendo isso e aprendendo com facilidade.

Me contou uma sacerdote e amiga minha que: o espírito consegue isso quando existe um médium com energia para possibilitar esse fenômeno físico, mas acredito que um iluminado consiga fazer isso, porem terá um desgaste grande de energia.

Um espírito comum sem um médium não consegue, ainda mesmo iluminados trabalham com pessoas com dom para mover objetos ou materialização, não tenho noticias de quem faça isso sozinho.

No final do filme em que o Sam faz a passagem para o plano espiritual, e conta para Molly (personagem de Demi Moore) que é incrível, que ele leva consigo o amor que ele tem por ela.

Bem, tem um ditado que diz: agente só leva a vida que agente leva.

Como diz um amigo meu sacerdote:

-Agente não leva a vida que agente leva, é outra vida, o que levamos são os laços, o amor, a amizade, a nossa luz e conhecimento.

Porém perdemos o conhecimento quando encarnamos, as outras coisas que citamos no parágrafo de cima não.