O Nível de Evolução Espiritual dos Animais 2

Por: Ricardo Chioro

Este texto é uma continuação de O Nível de Evolução Espiritual dos Animais 1, para ter informações introdutórias e iniciais sobre o assunto leia o primeiro texto.

No primeiro texto falamos de semelhanças entre a Psicologia Animal e o Espiritualismo, mas não dissemos qual é o principal aspecto dessa semelhança, como eu não aceitei essa informação a primeira vez que ouvi, creio que muitas pessoas não a aceitariam, então omiti, mas creio que meus mentores querem a publicação dessas informações, então as escreverei.

No Espiritismo e Esoterismo se diz que a fase animal são duas fazes anteriores da humana de evolução espiritual. Depois de passar milênios reencarnado como animal o ser progride para faze Elemental, vivendo em lugares invisíveis para nossos olhos físicos, para depois entrar na fase humana, onde terá muitas encarnações.

De acordo com o Espiritismo é na fase humana que aprendemos a amar.

De acordo também com o Espiritismo o ser humano de menor evolução espiritual não ama.

De acordo com a Psicologia Animal os animais não amam, mas acredito que podem existir exceções.

Sei que muita gente pode achar ilógico um animal não amar, pois os cachorros fazem festa quando chegamos em casa, as vezes lambem agente, pois é, a festa significa excitação e não amor, a lambida significa domínio, isso vi em livros.

Imagina a seguinte situação: você se distrai com tv (sempre tem imagens novas na tv, histórias interessantes) conversando com os outros, saindo, indo ao trabalho e ou escola, na casa de amigos, indo a lugares comer e se divertir.

Agora, seu cão não tem nada disso, fica o dia inteiro em casa, não se entretém com tv, não conversa, não vai a casa de amigos ou não sai para comer, ele fica o dia inteiro em casa, senta em um cato da casa, anda um pouco, deita em outro canto, fica do seu lado, não tem muita coisa diferente no mundo dele, por isso fica muito excitado quando chega alguém.

É importante agente entender que por isso é muito importante passearmos com nossos cães, se possível indo a lugares diferentes, pois é bom para eles verem coisas diferentes, é uma aventura, pois para eles é desconhecido, e gostam disso, se puder quando for passear ande um pouco com seu carro, pare em um lugar desconhecido para seu cachorro e passeie por lá.

O rabo para cima e balançando em um cão significa excitação, e não felicidade.

O fato do cachorro chorar quando o dono vai embora ou fica sozinho é porque instintivamente quando o cão fica sozinho na natureza se perdeu do seu bando, e não vai encontrá-los, o choro é porque perdeu a posse, você é uma posse para seu animal.

O choro do cão é pela perda de propriedade e não amor, você é uma propriedade para seu animal, é como funciona o psicológico deles.

Cesar Millan, psicólogo canino, diz que fazer carinho nos bichinhos é mais para nós do que para eles, isso pode mostrar um pouco do que estamos falando.

Cesar Milan é o dono do programa Encantador de Cães do canal Animal Planet.

É importante que agente diga que Psicologia Canina não é um ramo da Psicologia Animal, não existe um curso universitário que ensine Psicologia Canina, apenas Psicologia Animal, mas que existe uma informação que pode ter relação com o que estamos escrevendo.

Mas ainda assim é um pouco bom para o cão o carinho, mas mais para agente.

Lendo livros de adestramento existe a informação que quando você é muito bonzinho com seu cão, não consegue dizer não ou impor limites, faz o que ele quer, ele não te vê como alguém legal, mas sim como alguém fraco que ele pode dominar, e o domínio é muito prazeroso para ele.

É difícil de entendermos que os animais não amem, pois quando vemos um animal, aquela coisinha linda, fofa, com um jeitinho também fofo, nos desperta amor, por vermos e sentimos isso dá a impressão que eles também sentem, mas é só nossa impressão.

Sei que o que estamos passando é o que muita gente não gostaria de saber, ou acreditar, mas é como diz aquela linda frase: "A verdade alivia mais do que machuca. E estará sempre acima de qualquer falsidade, como o óleo sobre a água." (Miguel de Cervantes)

Uma curiosidade para se dizer é que os animais não amam, por isso tem gente que fala que eles não tem alma, mas sobrevivem a morte e são eternos como todos os seres vivos.

É importante agente respeitar e cuidar bem de nossos bichinhos, respeitar o nível de evolução deles, pois é essa a ordem natural que passam os seres vivos, começamos dos níveis mais baixos e vamos para os mais elevados.

Respeite a ordem natural das coisas, os seres, desrespeitá-la não fará ninguém evoluir.

Respeite os seres como são, como Deus os fez.

Deus quer que os seres estejam de acordo com o nível de evolução deles.

Não amar é estar de acordo com seu nível para um bicho.

Não podemos cobrar amor de quem não tem, isso vale também para humanos.