O Sexo, a Religião e a Natureza

Por: Ricardo Chioro

Algumas religiões condenam o sexo, vêem ele ou como algo de pouca espiritualidade, pecado, do ego e etc.

Seja bem: Deus criou o sexo e ele não tem só a finalidade da procriação, como o de renovar o amor.

Amor é espiritualidade.

Muita gente quando vê um filme, novela ou série que tem nudez e ficam horrorizadas, mas a pessoa nua foi como Deus a fez, ele não criou ninguém vestido! A roupa é criação do homem.

A nudez feminina é mais aceita, a masculina ainda é um tabu, mas quando mostram um pênis em um filme muita gente fica horrorizada, mas o pênis também é uma criação divina.

E quando mostram pessoas tendo relações sexuais?

R: Ainda é criação do divino, ele criou esse tipo de relação.

É errado deixar de ver uma novela, filme e etc. que gostamos porque tem cenas sexuais.

Veja bem, o fato de não assistir um entretenimento por motivos de exposição do corpo ou relação intima é repressão sexual, pois a relação e o corpo são algo natural e que todo mundo tem e faz.

O sexo é uma coisa natural, faz parte da natureza, a noção dele como algo ruim foi criada pelo homem, deve ter sito por alguém muito ciumento e que tinha influencia religiosa.

Veja bem: sexo não significa traição.

Traição sim deve ser tratada como pecado ou algo negativo.

Sexo é errado quando existe traição, compulsão ou abstinência.

Os homens que ficam muito tempo sem ejacular ficam suscetíveis a ter câncer de próstata. Se natureza é assim em causar esse mal por causa da abstinência, e a natureza foi criada por Deus, se o mais elevado ou pecado é não fazer o sexo, por que o Divino condena quem não o faz?

Só se o Criador fosse sádico, mas não é o caso.

Lembramos que Chico Xavier teve câncer de próstata, mas se não me engano já em idade avançada, onde as pessoas tem menos atividade sexual.

Em uma entrevista, se não me engano no programa Fantástico, eu assisti e revi na revista 101 Respostas de Chico Xavier, em que ele diz:

“Resisti aos impulsos, e não foi fácil. Outro dia a grande psicóloga goiana Cora Coralina dizia a um repórter que os velhos, mesmo os velhos, têm direito aos sonhos eróticos, sonhos maravilhosos”.

Chico é um iluminado, Mestre da Luz, Mestre Ascenso.

É cientificamente comprovado que quem se masturba todo dia não tem câncer de próstata.

É muito comum ver padres condenando a masturbação e o sexo, e para eles é imposta a realidade da repressão sexual muito grande.

É engraçado que o padre é casado com a santa, e tem que ser fiel a santa, não podendo ter relação sexual, só que a santa é casada com milhares de outros padres!

Antigamente os padres poderiam casar, fazer sexo, ter filhos, mas a igreja mudou isso.

Em diversas religiões os sacerdotes podem casar, namorar, ter filhos e etc.

É comum afirmarem que só podemos fazer sexo para procriação, que o prazer é errado, e que ejaculando matamos milhares de espermatozóides que não vão fecundar, seria como matar milhares de pessoas.

É como diz um amigo meu muito sábio: que mesmo fazendo sexo para procriação vamos matar milhares de espermatozóides, pois só um vai fecundar.

É que não matamos ninguém, as pessoas esquecem que o esperma só faz o corpo, quem faz a alma é Deus, e que a alma só vai para o esperma que fecunda, caso contrario nenhuma alma vai para se ligar a um corpo que não tem chance de existir.

Um espermatozóide não carrega uma vida humana, só depois de fecundar o óvulo é que o espírito que vai encarnar começa a se ligar nele.

Veja o texto: Como Acontece o Processo de Encarnação.

O Criador fez o sexo com prazer.

O prazer não condenável, isso também é criação humana.

Agente tem a vontade do estimulo que gera a ejaculação, seja a masturbação ou a relação, tentar reprimir o impulso que nos leva ao prazer gera sofrimento e conseqüências negativas, Deus não é sádico para botar um impulso na gente que temos que negá-lo e sofrer ou ter conseqüências negativas, mesmo que esse sofrimento não seja pior que uma dor física forte ou um problema de saúde sério.