Qualidade Divina da Geração

Por: Ricardo Chioro

Deus possui o aspecto da geração e nós também, pois Deus criou o mundo com suas próprias qualidades.

A qualidade de criar é geração, e Deus criou tudo em suas qualidades, tem coisas que foram criadas na qualidade do amor, outras na da lei, outras na da fé, e outras ainda na da própria geração.

As sete qualidades principais para nós na terra são: a fé, o amor, a lei, o conhecimento, a justiça, a evolução e a geração, mas existem outras. Tudo o que existe faz parte das qualidades divinas, inclusive nós, nosso mental e emocional.

Gerar é criar, qualquer coisa que é criada, é criação, em Deus: almas, universo, mundo físico. Em nós é: um desenho, um invento, uma pintura, uma idéia, um material físico.

E é importante que se entenda que para nós humanos a criação depende de transformação: pegamos madeira, algodão, mola e etc. e fabricamos um sofá.

Pegar madeira e fazer ela virar papel, e do papel usarmos nossa criatividade para ainda adicionarmos outros materiais como grafite, tinta e etc e virar um desenho ou uma pintura. 

A geração permeia muito nosso lazer, ela é responsável pela criação de filmes, livros, séries e desenhos.

Todas as qualidades divinas possuem caminhos de evolução espiritual, não é diferente com a geração, por isso leia nosso texto: Espiritualidade com TV, Musica e Cinema. Neste texto esquecemos de falar da evolução com livros, mas ela também acontece.

Essa é a grande importância dos autores do entretenimento.

É importante que se diga que a qualidade feminina da geração só trabalha nas criações, já a qualidade masculina atua tanto no termino das criações que não são mais úteis ou são ruins, quanto também no surgimento e formação das coisas.

As qualidades feminina e masculina trabalham na criação de tudo, inclusive da vida, mas só a masculina tralha no fim do surgimento, por isso rege a morte.

A existência nunca acaba, mas uma vida de uma mesma existência tem um fim, e surge de novo em outra vida, de uma forma diferente, por isso essa qualidade rege o fim, assim como um novo começo, pois quando passamos de uma vida para outra mudam os dois signos que temos (do horóscopo ocidental e oriental), mais dois outros orixás, o que muda nossa personalidade, tendo relação com a nossa data de morte.

Só depois da atuação da qualidade da geração é que vêm as qualidades da lei e justiça no momento da morte, dizendo para onde aquela alma vai.

Nas mitologias essa qualidade divina eram deuses que regiam a morte, por isso eram temidos como o Deus grego Hades, tanto mostrado como mau em desenhos e filmes.

Hades na realidade não é um Deus mau, mas sim um Deus bom e positivo, talvez isso seja muito difícil de entender pelos filmes que vemos, como Fúria de Titans ou o antigo desenho do Hercules.

Os Deuses masculinos da geração são Yama (hindu), Hades (grego), Omulu (africano), Anúbis (egípcio), Iwaldi (escandinava), Tung-Yueh Tai-ti (chinês), Mictlantecuhtli (asteca), Ah Puch (maia) e Arawn.

As qualidades divinas da geração nas mitologias são as divindades: Iemanjá (africana), Tétis (grega), Hera (grega), Nereidas (grega), Parvati (hindu), Aditi (hindu), Danu (celta), Moruadh (celta), Met (egípcia), Aruru (babilônica) Namur (sumeriana), Belet Ili (sumeriana), Nanshe (sumeriana), Frigga (nórdica), Belat (caldéia), Cotlicue (asteca), Yngona (dinamarquesa), Mama Cocha (inca), Moruadh (celta), Mariamma (indiana), Marah (caldéia), Derketo (assíria), Mari Ama (escandinava), Ilmatar (filandesa), Annawan (indonésia) e Bachue (dos índios chibchas).

Os homens que nascem com influencia na qualidade masculina da geração, na espiritualidade são alegres, reservados, observadores, perspicazes e orientadores. Já na negatividade são perigosos, violentos, intolerantes, cruéis e insensíveis ao sofrimento.

Como características gerais são ranzinzas, turrões, inflexíveis, autoritários, organizados ótimos mestres e instrutores.

As mulheres que nascem com influencia na qualidade feminina da geração, na espiritualidade são alegres, leias, fiéis, generosas, trabalhadoras, ativas, diligentes e ativas. No negativo são respondonas, irritantes, intolerantes, briguentas e desrespeitosas.

Como características gerais são impulsivas, autoritárias e possessivas.