Relação Mestre Discípulo – Umbanda e Budismo

Por: Ricardo Chioro

Quando eu era adolescente e estudava sobre o Budismo lia relatos sobre a relação mestre discípulo, achava aquilo o máximo de ter um mestre orientando no caminho religiosos e de evolução espiritual, aquilo era um sonho para mim.

Ainda pensar que se esse mestre fosse um iluminado era um sonho maravilhoso e inalcançável.

Uma vez lendo um site de Esoterismo muito famoso na mesma semana que comecei a frequentar a Umbanda o autor do site relatava que Saint Germain, um iluminado ser seu mestre, Saint Germain aparecia para o autor e realizava um trabalho espiritual, dai eu pensava como queria ter o que aquele autor tinha, ter um mestre iluminado.

Na próxima seção após eu ler isso na internet o mentor da Umbanda que me atendia, o Senhor da Luz Prateda disse:

-Eu sou o seu mestre.

Dai meu amigo foi o ápice para mim! Pois sabia que ele é um iluminado! Tinha perguntado sem saber o porque isso na seção passada, mas sei que foi ele que me induziu a fazer a pergunta, ainda mais que eu tinha gostado demais desse mestre! Então foi demais! sonho realizando e vivendo até hoje até com outros mentores na Umbanda!

Durante muito tempo quem veio me orientar foi o Senhor da Luz Prateada, quando era atendido por algum espirito era com ele, só depois de mais de um ano que passei com outras entidades.

Mestres Ascensos vem nos ajudar na Umbanda, isso é comum.

Mas só hoje eu percebo que a relação mestre discípulo na Umbanda é como as que eu lia sobre o Budismo.

Quando agente é cambono na Umbanda ficamos muito tempo perto da mesma entidade, ele se torna nosso mestre, então podemos viver a relação mestre e discípulo por muito tempo.

Quando a pessoa não é um trabalhador do centro, templo ou terreiro e é atendida mudam sempre os espíritos que o atentem, mas quando você trabalha como cambono geralmente não, são as entidades do médium que você fica do lado que te orientam, são quase sempre as mesmas.

No atendimento umbandista o cambono é quem fica do lado do médium incorporado, ele ajuda no atendimento e a entidade usa a energia dele para ajudar espíritos e o atendido.

Fique com luz, ser de luz.  

Quem costuma falar essa frase que está em Roxo é o Senhor da Luz Prateada, então como eu escrevi acho que foi ele que estava comigo atuando neste texto, essa frase aparece em alguns textos meus, você talvez já tenha visto, creio que isso acontece quando ele está intuindo os escritos para mim.

Ele falou isso para os leitores.

Muito obrigado mestre.

De vez emquando ainda sou atendido pelo Senhor da Luz Prateada.