Você Pratica o Autoconhecimento, mas não Sente que Evoluiu Muito

Por: Ricardo Chioro

Primeiro temos que entender o que o autoconhecimento traz, que são conhecimentos sobre nós mesmos e também sobre os outros, que muitas vezes que podem ser difíceis de serem enxergados, como defeitos, qualidades e o ego, nosso e o dos outros, e com isso se transformar.

Trabalhando o despertar vamos ter que ir tendo percepções sobre nós e os outros que não tínhamos, isso é um conhecimento que não possuímos antes, mas vamos adquirindo.

E esse conhecimento tem que vir pela nossa percepção, se outra pessoa passar esse conhecimento não é uma evolução espiritual, pois tem que vir da gente, se o outro contar, não foi nossa mente que se desenvolveu e enxergou.

Essa sensação de não sentirmos que nos desenvolvemos muito no autoconhecimento pode acontecer porque não evoluímos de fato, e isso pode acontecer por alguns motivos:

1-Porque praticamos a evolução por pouco tempo ainda, como 1,2 ou 3 três anos, ainda é pouco para percebemos o que aprendemos.

2-No caso de desenvolvermos nossa consciência com exercícios espirituais, podemos estar fazendo praticas que não funcionam.

Infelizmente existem praticas erradas, são inúteis.

Podemos perceber se uma pratica é verdadeira pelo que sentimos quando praticamos, são sentimentos sutis, mas uma pratica que trabalhe energeticamente vai gerar energia boa, trazendo bons sentimentos, mesmo que forem muito sutis, é necessário prestar atenção.   

3-Podemos não estar praticando com o coração – coração é emoção, sentimento, espontaneidade, vontade de fazer e etc.

Só evoluímos, principalmente quando se trata de exercícios espirituais quando os fazemos com o coração, menos a meditação em que se entra em estado alterado de consciência.

4-Se estivermos fazendo alguma terapia, podemos estar fazendo com um falso terapeuta ou ruim.

Nesse caso é melhor trocar de terapeuta, não desistir, não parar, porque ai você não vai se desenvolver.

Qualquer que tenha sido o caminho que percorreu que não está dando certo, não desista!

Buda quando praticou o ascetismo por seis anos também tentando buscar sua iluminação, disse que essa pratica não funcionava, foi inútil para ele, mas mesmo assim buscou atingir o nirvana e conseguiu.

Buda perdeu seis anos no ascetismo e sofreu muito, pois o ascetismo traz sofrimentos, mas não desistiu, queria a iluminação e continuou tentando, chegou o momento que conseguiu.

Nós entendemos como é chocante saber que perdemos alguns anos em praticas que não trazem resultados, muitas vezes até perdendo dinheiro nisso, mas o que estamos escrevendo é para que você consiga mesmo o seu autoconhecimento.

Mesmo se você tiver 90 anos, continue mesmo assim buscar seu autoconhecimento, só tem a ganhar.

O desenvolvimento da sua consciência que conquistar você leva para a eternidade.

Não desista, seja como Buda.

Você pode ser um iluminado também, é possível se iluminar, estando à pessoa no nível espiritual que estiver, é possível atingir o nirvana.