A Ação dos Mantras

Por: Ricardo Chioro - Riath

(Inspirado e intuído pelos Mestres Ascensos)

Carla Real Deva Naden nos informa que os mantras são palavras, ou frases, ou silabas ou textos que tem um poder, uma ação energética, mas deve permanecer a uma língua ou linguagem mortas, a um jeito antigo de pronunciar, que não foram modificadas com a modernidade, um jeito antigo de falar, da qual não sofreram a erosões regionais que ocorrem com o progresso modernização da fala e escrita.

Os mantras são palavras Os mantras do Budismo Tibetano são feitos na língua tibetana, já os do Zen do Japão são entoados em japonês.

Os mantras possuem as mais diversas ações como cura, autoconhecimento, concentração, meditação, prosperidade, equilíbrio, recarregar energias positivas, desobstruções de canais energéticos e chakras e etc.

Os resultados das ações mantricas vão melhorando com o nosso progresso, a medida que vamos praticando corretamente e tendo mais domínio da técnica com meditação, respiração e no ritmo e tempo certos ocorre um um aprendizado que vamos melhorando, mas é importante a paciência, pois o progresso tem seu tempo e a ansiedade só atrapalha, é importante que a pratica seja prazerosa, sem fazermos cobranças a nós mesmos, respeitando o tempo da ordem natural do nosso aprendizado, como diria o Mestre Yaco, temos a eternidade.

Não se exija demais, mas também não seja negligente, tudo posto em prática se desenvolve.

Cada vez que você sai de uma pratica espiritual aumenta sua consciência, valorize isso, é uma conquista sua.

Tenha simplicidade em sua prática respeitando o tempo de aprendizado sem desejar ser melhor do que ninguém na prática, desfrute dela.

Esse texto tem como fonte o artigo de Carla real Deva Naden sobre os mantras.

Textos para se Iluminar - Budismo - Buda - Dharma Cristão - Misticismo - Mandalas - Meditação - Todas Religiões são Verdadeiras - Ciência, Religião, Provas e Evidencias - Dharma na Umbanda - Sutras

  Novidades no Site                      Livro de Visitas