A Inquisição e o Espiritismo

Por: Ricardo Chioro – Riath

(Inspirado e Intuído pelos Mestres Ascensos)

O Espiritismo surgiu na França onde toda religião era Católica e Evangélica, assim a fonte de informações espirituais que Allan Kardec e os médiuns tinham era totalmente Cristã.

O Espiritismo é uma religião totalmente Cristã que acredita que magia seja maligna ou que não existe, dependendo do centro que o espírita freqüenta terá uma visão ou outra.

Na inquisição diversas religiões pagãs que existiram foram perseguidas pelo Catolicismo, diversas bruxas foram queimadas vivas.

Sabemos que existem religiões boas com bruxas positivas como é o caso da Wicca, também existem religiões de magia negra na Europa, mas se formou no Catolicismo e Evangelismo o preconceito contra o paganismo, diminuindo demais essas crenças mágicas.

Assim o Catolicismo teve mais poder, aumentando os lucros de doações, casamentos e dízimos feitos na igreja.

O que o Catolicismo viu como ameaça em certa época como a ciência que mostrava um mundo diferente das pregações da igreja, assim como outras religiões e crenças foram perseguidas.

Enquanto o Catolicismo escondia o seu uso de métodos energéticos, muitas vezes iguais aos pagãos, se condenava outras crença mágicas.

Sendo assim o paganismo e a magia passam a ser vistas como coisas negativas, a religião evangélica que surgiu também as via como crenças malignas.

Inclusive até hoje em dia religiões mágicas, místicas e esotéricas são muito mal vistas pelo Cristianismo.

A religião evangélica surgiu como uma discordância ao Catolicismo, mas absorvendo de muita coisa que existia nele como a Bíblia, aconselhando a não praticar os pecados e etc.

Assim podemos notar que o Catolicismo teve influencia no Evangelismo porque absorveu muitas coisas dele, isso também não deixou de acontecer com o Espiritismo.

Essa visão que o Espiritismo tem de magia ser algo maligno veio como influencia dessa época da inquisição, isso porque os médiuns absorveram muitos conhecimentos Cristãos.

Muitas pessoas podem pensar que os médiuns apenas foram um meio dos espíritos se comunicarem, mas o próprio Allan Kardec descobriu que a mediunidade pode errar, não um é método infalível em que muitas vezes os espíritos não conseguem colocar sua visão, mas pode predominar a visão de mundo do médium, pois o Espírito envia sua energia para os chakras da pessoa que faz o meio de comunicação com espiritual, porém a mente e a energia contida dentro da própria pessoa está nela mesma, sem que os espíritos consigam passar suas informações.

Cada pessoa é dona de si mesma e de sua visão de mundo, assim também não se perturbam com as informações que espíritos possam trazer que vão contra a sua, as defesas psicológicas nos protegem disso.

Toda mente tem suas defesas.