O Absoluto, o Caminho e a Iluminação

Por: Ricardo Chioro – Riath

(Texto inspirado e intuído pelos Mestres da Luz)

O Tao é a origem e caminho de todas coisas, é o absoluto.

Tudo surgiu do Tao, e é nele que se processa o caminho espiritual, pois ele é o sagrado.

Isso quer dizer que o caminho e o objetivo do caminho é a mesma coisa, o sagrado. Isso quer dizer que só é possível conquistar a espeiritualidade com espiritualidade, o absoluto com o absoluto.

O caminho que nos leva a iluminação é a própria iluminação.

O absoluto, o sagrado, o Tao já existe dentro de nós.

Como afirma o mestre Wu Chemg que a iluminação está em cada gesto, instante e momento em que vivemos.

Por isso justamente o Tao é significa caminho e absoluto, por isso o Taoísmo os considera a mesma coisa.

O Tao é o caminho e destino de nossa vida.

Todos nós temos um caminho e um destino a trilhar.

O taoísta que busca a iluminação, busca o absoluto e o sagrado. Nesse caminho busca a integração com essas coisas, mas também a sua verdadeira identidade e o sentido para sua vida. Com isso se consegue a realização.

Muitos taoístas não buscam a integração, mas sempre é necessário se conhecer, isso ajuda na vida de todo mundo. Ele pode não buscar o nirvana, mas o autoconhecimento alguns outros buscam, sem querer o absoluto.

A maioria das pessoas não buscam o despertar, buscam poder, influencia e uma cobiça pelo dinheiro que nunca acaba, sempre querendo mais.

Homens sagrados viveram suas vidas com humildade, muito afeto e harmonia, encontraram uma felicidade muito grande que você também pode obter.

Mas ai você tem escolher até onde quer ir, quer ir até onde leva a iluminação ou quer menos?

Nesse sentido o querer ir mais longe é muito melhor, mas a decisão compete a cada um, pois respeitar o livre arbítrio é importante, e só atinge o absoluto quem o quer.

O Tao está no processo de caminhada, ele está em tudo na verdade, cabe a nós ir para essa realidade de e vivenciá-lo.

O Tao está em toda parte e em cada momento da nossa vida, cabe a nós buscar vivenciar essa realidade.

É na vida que se encontra a vida, não na renuncia dela. Muitos acham que renunciando a vida são encontrar a realidade sagrada, mas não é assim que funciona, é o contrario.

Muitos espiritualistas buscam sair fora da vida e viver apenas o espiritual, quando na verdade ela tem que ser vivida inteiramente, o espiritual, assim como o físico, não em um sentido materialista, mas em trabalhar, ter amigos, se divertir, fazer caridade, se cuidar, lidar com os problemas que acontecem e etc.

Muitos se surpreenderiam, mas os iluminados encarnados fazem tudo isso.

Porém que nossas ações espirituais e físicas sejam sempre regadas com a melhor das intenções, no bem e na bondade.

Namste

Textos para se Iluminar - Budismo - Buda - Dharma Cristão - Misticismo - Mandalas - Meditação - Todas Religiões são Verdadeiras - Ciência, Religião, Provas e Evidencias - Dharma na Umbanda - Sutras

  Novidades no Site                      Livro de Visitas