Mais Informações Sobre Vegetarianismo e Budismo

Por: Ryath

(Texto é inspirado pelos Mestres da Luz) 

A história da vida do Buda é contada por mitos e parábolas, então existem pessoas que dizem que o fato de Sidarta ter morrido intoxicado com carne de porco é uma parábola, pois não acreditam que iluminados comam carne.

Os espíritas acreditam que quem atingiu o Nirvana não come mais carne porque a energia do animal que morreu no sofrimento fica na comida.

Uma vez perguntaram a Chico Xavier se é elevado não comer carne, então Chico respondeu:

-Se é elevado eu não sei, eu sei que eu como.

E Chico é um iluminado com certeza, sua vida foi de total doação.

Chico não é somente um iluminado, mas é Mestre Ascenso muito avançado.  

O fato de Buda comer carne não é uma mitologia, pois existe toda uma história nos Sutras sobre o vegetarianismo no Budismo.

A regra que Sidarta criou para seus discípulos foi que eles podiam comer carne, mas desde que não matassem um animal exclusivamente para servir a um aprendiz, mas poderiam comer se já estivesse feito.

Os aprendizes mendigavam para comer, pois na Índia existe o hábito dos monges que deixavam a sua vida para viver no mato apenas praticando o espiritual, e batem na porta das pessoas pedindo comida, que para quem atende é uma honra receber um pedido desses, então ajudam com muito gosto.

Na Índia antiga não adotava o vegetarianismo, ele passou a existir tempos depois porque o país estava super populoso e se comessem as vacas, a sociedade passaria fome sem os derivados do leite, então decidiram que a vaca era sagrada, assim não poderia come-la.

A vaca é sagrada porque dá a sobrevivência através do seu leite.

Os Sutras são os textos escritos pelos aprendizes do Buda após sua morte, contando seus ensinamentos e vivencias, posteriormente foram criados mais sutras contando a história do Budismo pelos seguidores através dos tempos.

Então um primo de Buda era contra comer animais, e se separou do grupo liderado por Sidarta, pois tinha regras mais radicais, não somente sobre a ingestão de carne, mas para outras coisas também, porém depois de um tempo voltaram a seguir Sidarta.

Posteriormente monges budistas decidiram não comer carne, mas isso ocorreu em apenas uma linha do Budismo, não em outras, mas está escrito nos Sutras, não os que informavam sobre Buda, mas posteriormente a época dele contendo ensinamentos e vivencias dos budistas.

O fato de existir tantas reviravoltas sobre a ingestão de carne, nos mais importantes textos budistas significa que não é mitologia.

A mitologia não é um conceito reavaliado, repensando, é apenas um simbolismo, não um conceito ético trabalhado.

Um conceito ético não necessita ser debatido, até mesmo porque ele não segue uma verdade literal, é apenas representativo, se existirem debates é sobre o que representa o mito, não o que ele diz literalmente.

Textos para se Iluminar - Mandalas Metafísica - Budismo Esotérico - Ciência, Religião, Provas e Evidencias - Todas as Religiões são Verdadeiras - Taoísmo - Yoga - Espiritualismo na Filosofia - Astrologia - Numerologia - Runas - Tarô - I-Ching - Xamanismo - Cristianismo Místico - Meditação - Orações - Feng Shui

 

Uma Sugestão para Evoluir Espiritualmente, Meditação com Mandalas, Exercicio do perdão e Pratica Espiritual Fácil e Cômoda com Pedras para Autoconhecimento