O Budismo, o Treinamento Espiritual e a Aceitação dos Nossos Defeitos

Por: Ryath

(Texto inspirado e intuído pelos Mestres Ascensos)

Buda significa natureza iluminada em toda parte, é um nome usado não somente para o fundador do Budismo, mas para qualquer pessoa que tenha atingido o Nirvana ou Nibbana.

O primeiro sermão de Buda após a iluminação foi o discurso que fez sobre o caminho que leva até o Nirvana, que resumidamente é praticar o bem, ter bons pensamentos, boas intenções, não fazer o mal, ter concentração e meditação.

São pensamentos e atitudes corretas moralmente ou psicologicamente, isso para o Budismo é harmonia, é equilíbrio, e tudo isso é treinado para atingir a iluminação.

O Budismo tem como técnica não ignorar o sofrimento, mas alertar sobre ele.

Ter conhecimento sobre o sofrimento traz um desconforto que é a informação que sofremos, mas também traz a informação de que existe um meio para acabar com essa dor e ser extremamente feliz, é um caminho que traz paz de espírito.

É importante entendermos que não devemos reprimir o nosso lado negativo, mas enxergá-lo, assim ele se extingue. Algumas pessoas reprimem seu lado negativo acreditando que estão praticando o caminho indicado pelo budismo, mas não é, autoconhecimento consistem em se reconhecer, não é para praticar o mal, apenas observar nossos pontos negativos, isso vai conseguir com práticas de autoconhecimento e iluminação.

Não reprimir não é botar para fora o lado mal, machucar os outros e os próprios defeitos, é apenas enxergá-los e vamos conseguir isso praticando as virtudes, a meditação e a concentração.

Reprimir significa colocar o conhecimento em nosso inconsciente, uma região da mente que não enxergamos, só que isso pode trazer sintomas ruins e prejudicar o nosso bem-estar.

As pessoas muitas vezes não gostam de ver seus defeitos, mas isso só atrapalha porque existe um ensinamento espiritual que é assim: nada que é perfeito encarna.

Faz parte em ser humano ter defeitos, se não o aceitarmos isso nos tornamos mais desumanos em um sentido ruim.

O caminho da luz é reconhecer e aceitar pontos negativos em nossa personalidade, mas não só isso, reconhecer tudo, inclusive as qualidades.

É importante entender que tanto as qualidades como os defeitos nos fazem humanos, aceitar isso é amadurecer emocionalmente e se livrar do sofrimento em se reconhecer pontos negativos em si mesmo, então isso ajudará no aumento de nossa consciência que vai nos tornar pessoas melhores.

Autoconhecimento significa se enxergar, não ocultar de si mesmo algo no inconsciente.

É importante nos ver como humanos, muitas pessoas não aceitam os defeitos dos outros, mas é importante que sim.

Ter pontos negativos não significa ser mau, mas não ser perfeito, os Mestres Ascensos também tem defeitos, são os Santos, Mestres da Luz, Mentores, enfim esses são os nomes dos iluminados em diferentes religiões.

É necessário termos flexibilidade para nos aceitarmos e aos outros.

No espiritualismo as pessoas são muito criticas aos defeitos dos outros, muitas vezes cobrando a eles a perfeição, o que é errado pois os outros não são perfeitos, não podemos cobrá-los por ago que não tem. 

Como cobrar dois mil reais a um mendigo? Ele não vai poder pagar por isso.

Seja flexível para aceitar os outros e os e a si mesmo do jeito que são, isso também é uma forma de equilíbrio e ter paz.

Não estamos no caminho espiritual para chegarmos a perfeição, mas sim para nos iluminarmos, ter ajuda para a vida, nos autoconhecermos, sermos cada vez melhores, mas não a perfeição.

O caminho é principalmente a bondade junta com treinamento de informações e práticas tanto comportamentais como com exercícios espirituais.

No nosso site oferecemos tanto praticas como informações para nos autoconhecermos como para nos iluminarmos, se tiver interesse veja os tópicos: Textos para se Iluminar, Nirvana e Mestres Ascensos, Mandalas, Orações, Meditação, Mantras e Outros.

Textos para se Iluminar - Mandalas Metafísica - Budismo Esotérico - Ciência, Religião, Provas e Evidencias - Todas as Religiões são Verdadeiras - Taoísmo - Yoga - Espiritualismo na Filosofia - Astrologia - Numerologia - Runas - Tarô - I-Ching - Xamanismo - Cristianismo Místico - Meditação - Orações - Feng Shui

 

Uma Sugestão para Evoluir Espiritualmente, Meditação com Mandalas, Exercicio do perdão e Pratica Espiritual Fácil e Cômoda com Pedras para Autoconhecimento