União com Deus, com o Cosmos no Catolicismo

Por: Ryath

(Inspirado e intuído pelos Mestres Ascensos)

Muitos Católicos não sabem, mas existe nessa religião uma forma de Misticismo que São Francisco, Madre Tereza de Calcutá, Santo Agostinho (o filósofo) e muitos outros Santos fizeram parte.

Certa vez li um texto que dizia que toda a religião tem uma forma de misticismo.

Antigamente era mais comum aqui no Brasil o fato de católicos falarem mal do Misticismo, Esoterismo, Espiritismo e etc. sem questionar que sua religião também tem uma forma de Misticismo da qual participaram diversos santos populares.

O que é considerado Misticismo que faz parte de diversas crenças é o fato da consciência poder abranger mais do que a si mesma, incluindo outras identidades como acontece na Terapia de Vidas Passadas ou até mesmo se ver unido a Deus, ao Cósmos.

Isso não significa que o Catolicismo aceite que exista reencarnação, mas acredita que a consciência abrange mais do que a si mesma, que chegue a incluir Deus.

A consciência chegar a abranger Deus não significa ela achar que é o próprio Deus, mas se sentir que faz parte dele, assim como todos fazem.

Deus deu um pedaço de si para criar cada alma, sem perder este pedaço, outro se cria nele assim que é retirado, então essa nossa parte se conecta a tudo o que existe, é um pedaço do divino que existe em todo mundo, mas para chegar a isso é necessário trabalhar a espiritualidade, se santificar (atingir o Nirvana).

O que não quer dizer que todos os santos sentem isso, mas os que citamos no inicio do texto sim, pelo menos verbalizavam e ensinavam. O objetivo dos Monges Franciscanos geralmente é a experiência mística, se ligar a tudo o que existe.

São Francisco ensinou em suas próprias palavras ditas poeticamente:

“O que temer? Nada. A quem temer? Ninguém. Por que? Porque aqueles que se unem a Deus obtém três grandes privilégios: onipotência sem poder; embriaguez sem vinho e vida sem morte”.

A pessoa que se conecta ao universo se enche de felicidade e plenitude na santidade, então não precisa mais de muita coisa para ser feliz, e se liberta de diversos tipos de sofrimento, a vida se torna maravilhosa, um presente divino.

Muitas pessoas que estão como com depressão e angustia, sofrendo por tristeza recomendo que façam terapia e busquem essa felicidade mistica, essa plenitude, não precisa ser monge, basta acreditar que vai conseguir e conseguirá.

Ter fé para se curar também da depressão, afirme todos os dias que você é feliz e está curado.

Textos para se Iluminar - Mandalas Metafísica - Budismo Esotérico - Ciência, Religião, Provas e Evidencias - Todas as Religiões são Verdadeiras - Taoísmo - Yoga - Espiritualismo na Filosofia - Astrologia - Numerologia - Runas - Tarô - I-Ching - Xamanismo - Cristianismo Místico - Meditação - Orações - Feng Shui

 

Uma Sugestão para Evoluir Espiritualmente, Meditação com Mandalas, Exercicio do perdão e Pratica Espiritual Fácil e Cômoda com Pedras para Autoconhecimento